Usuários da Rodovia Imigrantes reclamam da falta de segurança entre Cubatão e SP

Por Lucas Jozino, da Rádio Bandeirantes

Usuários da Rodovia dos Imigrantes reclamam da falta de segurança no trajeto entre as cidades de Cubatão e São Paulo. No último sábado (9), um ônibus foi atacado por dois ladrões armados de pistolas, que se passaram por passageiros.

Na ocasião, os assaltantes pegaram o coletivo na Rodoviária de Cubatão. Durante o trajeto, eles obrigaram o motorista a parar o veículo – pelo menos 20 passageiros tiveram seus pertences roubados.

Um deles, um senhor de 60 anos, foi agredido com um soco na barriga e ameaçado de morte.

Uma das vítimas, a jornalista Rebeca Figueiredo, de 31 anos, faz esse percurso pelo menos uma vez a cada duas semanas, nos últimos 12 anos. Ela diz que, nesse período, nunca viu as companhias pedirem documentos dos passageiros e nem presenciou uma blitz policial.

O comandante da Polícia Rodoviária Estadual de São Paulo, coronel Luis Henrique Di Jacintho Santos, afirma que mesmo depois desse crime, o policiamento preventivo na estrada não vai sofrer alteração.

O caso de sábado foi o segundo arrastão em ônibus no mesmo trecho em menos de duas semanas.

Segundo a Ecovias, a concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, mais de um milhão de veículos descem a serra para as festas de fim de ano.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo