Está desempregado? Veja iniciativas e programas que podem te ajudar

Por Metro Jornal
Pedro Ventura / Agência Brasília
Está desempregado? Veja iniciativas e programas que podem te ajudar

Procurar trabalho gera gastos e não são todas as pessoas desempregadas que podem arcar com eles. Seja para usar o transporte, comer enquanto está fora de casa ou até mesmo se profissionalizar, o fato é que muita gente acaba tendo que gastar antes de conseguir se realocar no mercado.

Se você está nessa situação, conheça algumas iniciativas e programas que podem ser bastante úteis para pessoas desempregadas em São Paulo.

Leia mais:
Desemprego levará 2 anos para voltar à taxa de 2016
Desemprego recua para 12,2% no trimestre encerrado em outubro

Transporte gratuito

Se você está desempregado, pode conseguir um passe livre para utilizar tanto no metrô e trem quanto no ônibus. Esse benefício fica disponível por três meses e pode ajudar quem precisa sair para entregar currículos ou ir à entrevistas. É importante lembrar, no entanto, que a pessoa precisa estar sem trabalho a no mínimo um mês e no máximo seis meses.

Para ter direito à gratuidade é necessário comparecer às estações Marechal Deodoro, na linha vermelha do metrô, ou na Barra Funda, na CPTM, e levar os documentos abaixo:

  • Cédula de Identidade (RG) original;
  • CPF original;
  • Carteira de Trabalho com a baixa do último emprego;
  • Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho.

Os postos funcionam de segunda a sexta-feira (com exceção dos feriados) entre 8h e 16h.

Cursos Programa Via Rápida

Outra iniciativa que pode ajudar quem está fora do mercado de trabalho é o programa Via Rápida. Ele oferece cursos profissionalizantes em diferentes cidades do estado de São Paulo, todos eles voltados para quem tem mais de 16 anos.

O programa funciona desde 2011 e dá prioridade para pessoas que sejam mais velhas e que estejam desempregadas.

Os interessados precisam se candidatar ao curso e aguardar a seleção, que é feita pela SDECTI (Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação).

Restaurante Bom Prato

Quem sai para procurar emprego, geralmente fica fora de casa por muitas horas. Por isso, comer na rua acaba sendo uma necessidade que pesa muito no bolso.

E, nesses casos, os restaurantes Bom Prato podem ajudar bastante, já que servem refeições completas por apenas R$ 1,00. Com 52 unidades no total, mais de 20 delas estão localizadas na capital de São Paulo em bairros como Lapa e Santo Amaro. Confira os endereços dos restaurantes Bom Prato.

CATes

Os CATes (Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo) também podem ajudar quem está desempregado. Todos os meses eles oferecem oficinas com orientações para quem está buscando por trabalho. Os encontros são rápidos, com duração de até 30 minutos, e dão dicas bastante úteis.

Em dezembro, as oficinais acontecem às quartas-feiras, das 9h às 10h. Veja os temas:

  • 6/12 – “Conquistando o primeiro emprego”.
  • 13/12 – “Empreendedorismo”
  • 20/12 – “Educação e qualificação para o mercado de trabalho”
  • 27/12 – “Currículo, entrevista e apresentação pessoal”

Para participar, é preciso ter mais de 16 anos e comparecer ao CATe com o RG, CPF, carteira de trabalho e o número do PIS. As unidades participantes são: Santana, Itaim Paulista, Interlagos, Itaquera, Guaianases e Jabaquara. Confira os endereços dos CATes de São Paulo.

Loading...
Revisa el siguiente artículo