Secretaria de Segurança Pública de SP e Exército destroem 3 toneladas de munição

Por Metro Jornal

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo realizou uma operação conjunta com o Exército brasileiro para destruir 3 toneladas de munição (balas de revólveres, fuzis e metralhadoras) que estavam armazenadas no Instituto de Criminalística de São Paulo (IC).

A munição foi estocada por anos e era usada para fazer testes de balística e de eficácia de armamento, mas não poderiam mais ser utilizadas por perda de qualidade e por protocolos de segurança.

“Nós guardamos as munições para que quando houvesse solicitação de exames como, por exemplo, de comparação balística e eficácia em armamento, mas que viessem desacompanhados de munição, nós tivéssemos essas munições para teste”, explicou a perita criminal Eliane Baruch.

Além da SSP e do Exército, participaram da operação o Tribunal de Justiça de São Paulo, as polícias civil e militar e o Instituto Sou da Paz.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo