Secretária que implantou o Qualisaúde em Santo André deixa o cargo

Por Vanessa Selicani - Metro Jornal ABC
Ana Paula e Paulinho em evento na prefeitura - Divulgação/PSA
Secretária que implantou o Qualisaúde em Santo André deixa o cargo

Protagonista de episódios marcantes durante o primeiro ano de gestão do prefeito Paulinho Serra (PSDB), a médica Ana Paula Peña Dias deixou ontem o comando da Secretaria de Saúde de Santo André, na Grande São Paulo. Sua saída foi especulada diversas vezes neste ano, mas sempre foi negada pelo comando tucano.

A médica foi bastante criticada por conta da gestão do Qualisaúde. Apresentado como uma série de iniciativas para melhorar o atendimento na cidade, o programa fechou sete unidades de saúde. A alegação é de que passariam por reforma, apesar de, quatro meses depois, poucas obras serem notadas. Ela também acusou dois vereadores de tê-la agredido.

O desligamento de Ana Paula foi anunciado em comunicado oficial da prefeitura. De acordo com o texto divulgado, a saída foi uma solicitação da médica atendida por Paulinho. “Hoje (terça-feira), depois de muitos pedidos por parte de Ana Paula, me vi obrigado a aceitar seu desligamento da pasta e dos quadros da Prefeitura de Santo André. Aliás, faz alguns meses que ela vinha solicitando liberação, e eu, mesmo sabendo da necessidade que ela tinha em dar mais atenção aos seus projetos particulares e aos seus próprios pacientes, pedi que permanecesse à frente da Secretaria Municipal de Saúde até a conclusão do planejamento das reformas do setor, que, hoje (ontem), ficou pronto”, disse o prefeito em carta enviada à imprensa.

A médica também se pronunciou com um texto, em que pede desculpas aos funcionários por deixar o cargo e afirma ter cumprido sua missão. “Afasto-me em harmonia e com muita gratidão por ter feito parte de um momento importante de sua administração, com cabeça erguida e pronta para assumir outras missões profissionais e pessoais, com a certeza da consciência limpa e do dever cumprido, com a convicção plena que o próximo gestor da saúde encontrará uma estrutura bem melhor do que a que recebemos em janeiro deste ano.”

Ainda não há definição de quem assumirá o cargo. O comando interino será, a partir de hoje, do superintendente da Unidade de Assuntos Institucionais e Comunitários, Carlos Bianchin.

O nome do ex-prefeito Aidan Ravin (PSB), que também é médico, era especulado para o cargo na metade do ano. Paulinho, porém, descartou a hipótese em entrevistas.

Loading...
Revisa el siguiente artículo