Creche no interior de São Paulo usa galinhas para conter infestação de escorpiões

Por Estadão Conteúdo
Reprodução/Google Street View
Creche no interior de São Paulo usa galinhas para conter infestação de escorpiões

Uma creche de Araraquara, no interior de São Paulo, ficará fechada a partir desta terça-feira, 5, por causa de uma infestação de escorpiões. Além da dedetização, galinhas também estão sendo usadas na tentativa de acabar com os bichos. Já foram localizados 40 deles.

O problema atinge o Centro de Educação e Recreação (CER) Cyro Guedes Ramos e cerca de 300 alunos de até 5 anos terão de mudar de escola.

Os escorpiões começaram a ser localizados na semana passada. No último fim de semana, durante vistoria, confirmou-se a infestação. Para combatê-los, veneno foi aplicado no prédio e galinhas foram soltas nas áreas externas.

Os pais das crianças se queixam da situação. "Tomara que tudo seja resolvido, pois é muito triste ver uma creche que sempre foi tão conceituada se deixar difamar por um descaso de gestão", declarou Priscila, mãe de um aluno.

Explicação

O Conselho Escolar da creche, em conjunto com a Secretaria Municipal da Educação, informou em nota que, por motivos de segurança, decidiu transferir as crianças para a escola Zilda Martins Pierri, no Jardim Paraíso, a partir desta quarta-feira, 6.

A alegação é de que a medida foi tomada "com a participação dos pais, familiares e funcionários" e vai até o término deste ano letivo.

De acordo com o comunicado, o Centro de Controle de Fauna Sinantrópica fez nova vistoria no prédio afetado e "faltam poucos procedimentos para a conclusão das adequações indicadas pelo referido órgão".

Loading...
Revisa el siguiente artículo