Marisa Monte e Arnaldo Antunes acusam Doria de usar música sem autorização

Por Metro Jornal
Montagem:Instagram/Folhapress
Marisa Monte e Arnaldo Antunes acusam Doria de usar música sem autorização

Os músicos Marisa Montes e Arnaldo Antunes usaram seus perfis nas redes sociais nesta quarta-feira (29) para divulgar uma nota sobre o uso de uma música dos dois em uma propaganda da prefeitura de São Paulo.

Segundo a nota, o prefeito João Doria usou, em agosto deste ano, a música "Ainda Bem" em um vídeo de uma inauguração de obras no Parque Ibirapuera.

Leia mais:
Novo aplicativo do Google ajuda a gerenciar dados de internet móvel
Filha de Xanddy e Carla Perez solta a voz e surpreende em show ao vivo

Os cantores disseram que "a música é mantida como trilha sonora, sincronizada continuamente por mais de 40 segundos ao fundo de imagens sequencialmente editadas".

Eles relatam ainda que tentaram contato com Doria para que o vídeo fosse retirado das redes sociais. A resposta do prefeito, que chegou dois meses depois, dizia que a captação da música teria acontecido de "forma espontânea nos ambientes de gravação". No entanto, os músicos ressaltaram na nota que a justificativa "ainda que fosse verdadeira, não encontra qualquer abrigo na Lei de Direitos Autorais".

Devido a resposta, Marisa Monte e Arnaldo Antunes tiveram que entrar em contato com o Facebook e o Instagram para que o conteúdo fosse removido. Já o Twitter e o YouTube mantiveram o vídeo, segundo a nota. "Nos sentimos ultrajados e lesados em nosso direito patrimonial e moral, uma vez que, além de não termos sido sequer consultados, nunca permitimos o uso de nenhuma de nossas canções para fins políticos".

Os cantores alegaram ainda que sugeriram uma reparação simbólica através de uma doação à Sociedade Viva Cazuza, que cuida de crianças com HIV, mas não foram atendidos.

Outro lado

A Prefeitura de São Paulo se pronunciou através de uma nota negando o uso indevido da música. "Não cabe cobrança de direitos autorais sobre uma musica que apenas vazou para o vídeo, já que era um som de fundo".

O comunicado diz ainda que foi solicitado um pagamento de R$ 300 mil a Doria. "Diante da primeira negativa de pagamento, o advogado dos artistas novamente procurou o prefeito para exigir pagamento, desta vez, a ser destinado a uma instituição beneficente".

Ainda segundo a nota, o prefeito orientou sua equipe pessoal de redes sociais a retirar o vídeo de seus perfis e alegou que não procede a informação que o vídeo teria sido removido pelo Facebook e pelo Instagram.

Veja o post no perfil de Marisa Monte:

NOTA DE ESCLARECIMENTONo dia 21 de agosto, fomos surpreendidos por um vídeo publicado pelo atual prefeito de São…

Posted by Marisa Monte – Tribalistas on Wednesday, November 29, 2017

Loading...
Revisa el siguiente artículo