Desrespeito ao ciclista cresce 62% em 2017 na cidade de São Paulo

Alta no número de multas em ciclovias e de mortes de ciclistas revelam desrespeito do motorista por quem anda de bicicleta na capital

Por Eliane Quinalia
Ciclistas fazem zigue-zague para desviar dos veículos na ciclofaixa - André Porto/ Metro Jornal
Desrespeito ao ciclista cresce 62% em 2017 na cidade de São Paulo

O número de infrações de trânsito por invasão à ciclovias e ciclofaixas em São Paulo aumentou tanto para quem corta um pedaço do caminho ou para quem estaciona o veículo no espaço destinado aos ciclistas.

Segundo o portal Mobilidade Segura – da prefeitura e atualizado com os dados de agosto – nos oito primeiros meses do ano foram 2.024 flagrantes de veículos transitando em ciclovias ou ciclofaixas. Um aumento de 62% comparado ao número de infrações do mesmo período do ano passado (1.246).

Já as multas para veículos que estacionaram nas vias reservadas aos ciclistas subiram 24% – de 1.632 em 2016 para 2.027 neste ano.

Ciclovia

Para o diretor do Ciclocidade Rene Fernandes, o número de multas é pequeno comparado à realidade do trânsito da capital. “Uma passada pelas ruas de São Paulo e você vê que esse desrespeito é muito maior”, disse.

O técnico de segurança Paulo Tadeu, por exemplo, assume que as vezes corta uma parte do trânsito pela ciclofaixa, mas evita parar. “Isso já é abusar, deixo só para emergências”, comenta.

A falta de fiscalização reflete também fora das faixas exclusivas. De 2014 até  agosto deste ano, foram feitas apenas 35 autuações pelo artigo 201 do Código Brasileiro de Trânsito: “Deixar de guardar a distância lateral de 1,5 m ao passar ou ultrapassar bicicleta.”

A imprudência dos motoristas, segundo Fernandes põe em risco a vida do ciclista. “Quem pedala é frágil no trânsito. O desrespeito acaba provocando acidentes e até mortes”, explica.

Na noite de segunda-feira, um ciclista de 28 anos morreu após ser atropelado por um ônibus fretado no Morumbi, zona sul. Não havia ciclovia no local. Testemunhas afirmam que o veículo teria feito uma conversão proibida quando atingiu o homem. O motorista nega.

Segundo dados do Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito de São Paulo), do governo do Estado, entre janeiro e outubro deste ano 31 ciclistas foram mortos em acidentes de trânsito na capital – 55% a mais do que o mesmo período do ano passado, com 20 mortes.

Protesto

No sábado, ciclistas vão se reunir na praça do Ciclista, às 16h, para uma bicicletada que irá homenagear os mortos no trânsito.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo