Por causa da chuva, SP tem recorde de congestionamento na manhã

Por Metro Jornal com Rádio Trânsito Caçula de Pneus e Estadão Conteúdo
Aloisio Mauricio /Fotoarena/Folhapress
Por causa da chuva, SP tem recorde de congestionamento na manhã

A forte chuva que atingiu a capital paulista desde às primeiras horas da manhã complicou a vida do paulistano.

A cidade de São Paulo registrou o recorde histórico de congestionamento no período da manhã nesta segunda-feira (27). De acordo com levantamento da Rádio Trânsito Caçula de Pneus/Maplink, às 8h15 a cidade tinha 724 quilômetros de lentidão.

 

O recorde anterior foi registrado no início do mês, no dia 17 de novembro de 2017, com 640 quilômetros de lentidão.

Leia mais:

Chuvas deixam SP em estado de alerta e atrasam manhã do paulistano
Van escolar com seis crianças fica presa em enchente em São Paulo

Transporte
As chuvas prejudicaram o fluxo do metrô, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e de veículos na capital paulista.

A CGE (Central de Gerenciamento de Emergências) decretou estado de atenção para alagamentos na Zona Oeste, Zona Sul e na Marginal Pinheiros às 7h20. Segundo a CGE, as chuvas devem continuar na capital durante todo o dia e se intensificarem durante a tarde. As precipitações devem chegar em cidades como Santo André e São Bernardo, no ABC.

As chuvas também causaram atrasos e problemas na circulação dos trens das linhas Rubi-7, Turquesa-10 e Coral-11 da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Eles circularam com intervalos e tempo de parada maiores no início da manhã desta segunda-feira. Na Linha 7, um trem apresentou problemas na Estação Vila Aurora e foi recolhido por volta das 6h30.

Loading...
Revisa el siguiente artículo