Primeiro ambulatório público para transexuais é inaugurado em Belo Horizonte

Por Metro Jornal Belo Horizonte
Primeiro ambulatório público para transexuais é inaugurado em Belo Horizonte

O primeiro serviço ambulatorial de atenção especializada no processo transexualizador da saúde pública estadual foi inaugurado ontem na capital mineira. Destinado à população trans (travestis e transexuais), o espaço, instalado no Hospital Eduardo de Menezes, na região do Barreiro, vai desenvolver um plano terapêutico individual, conforme as necessidades de atenção de cada pessoa.

Inicialmente, serão realizadas quatro consultas por dia. “Abrir esse serviço é motivo de muito orgulho para nós. A nossa intenção não é realizar um atendimento protocolizado, mas sim uma escuta atenta às necessidades dos usuários. Conto com o apoio de todos vocês para construirmos juntos essa nova realidade”, afirmou a diretora do hospital, Thaysa Drummond.

Regulamentado em 2008, o processo transexualizador tem objetivo de atender as pessoas que sofrem com a incompatibilidade de gênero. “É fundamental preparar todos os servidores para atenderem os usuários de forma adequada – desde os porteiros, se estendendo a todos os demais profissionais dos diversos setores do hospital”, defendeu Drummond.

Serviço
Hospital Eduardo de Menezes. Rua Doutor Cristiano Rezende, 2213, Bonsucesso. Dia e horário: quintas-feiras, das 8h às 13h, via agendamento telefônico.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo