Moradores acusam empreitera por inundação em condomínio

Por Rádio Bandeirantes
Rádio Bandeirantes
Moradores acusam empreitera por inundação em condomínio

Moradores de um condomínio da Zona Sul de São Paulo acusam a MRV Engenharia de ser a responsável pelos danos causados pela chuva do último sábado (18). Tempestade destruiu parcialmente algumas unidades do Residencial Saint Afonso, no Campo Limpo – o caso aconteceu apenas dois meses depois da entrega das chaves.

O administrador Erick Teixeira Lopes se mudou com a noiva no dia 21 de outubro. Menos de um mês depois, eles viram o apartamento novo ser parcialmente destruído pela chuva.

O casal comprou a unidade da MRV Engenharia ainda na planta. O apartamento fica no quinto e último andar de um dos blocos do Residencial Parque Saint Afonso, no Complexo Horto do Ipê, e foi entregue no dia 14 de setembro, com quatro meses de atraso.

Infiltração aparente

Mesmo antes das fortes chuvas, alguns moradores já notavam infiltrações nas paredes.

A MRV enviou uma equipe de engenheiros somente depois de Erick publicar nas redes sociais vídeos dos danos causados pela chuva. A invasão da água no apartamento dele derrubou o teto do banheiro, prejudicou a pintura da casa e molhou os pés de todos os móveis.

Em nota à Rádio Bandeirantes, a MRV Engenharia informou que tem avaliado todas as solicitações dos moradores do residencial Saint Afonso. Todas as providências necessárias serão tomadas para a manutenção da segurança e o conforto dos que residem no condomínio, segundo a empresa.

Loading...
Revisa el siguiente artículo