Após teto desabar, Doria diz que toda a estrutura da marquise do Ibirapuera será revisada

Por Metro Jornal com Rádio Bandeirantes
Rádio Bandeirantes
Após teto desabar, Doria diz que toda a estrutura da marquise do Ibirapuera será revisada

O prefeito de São Paulo, João Doria, afirmou que toda a estrutura da marquise do Parque Ibirapuera será revisada por precaução. Na noite de quarta-feira (22), parte do teto desabou.

Engenheiros foram no local na manhã desta quinta para tentar identificar as causas da queda do revestimento inferior do teto e se haverá necessidade de interdição.

Leia mais:

Parte do teto da marquise do Parque Ibirapuera, em São Paulo, cai

A última reforma da Marquise foi realizada em 2010 e entregue dois anos depois, com custo de 15 milhões de reais. A marquise do Ibirapuera tem 28 mil metros quadrados e é a principal ligação entre os pontos culturais do parque.

As primeiras conclusões serão informadas à imprensa, às 15hs, em entrevista coletiva, na própria marquise.

Em entrevista exclusiva a José Luiz Datena no programa ‘90 Minutos’ da Rádio Bandeirantes, o prefeito disse que o pedaço que se desprendeu era “estuque” e não tinha função estrutural.

Um segurança do local disse à reportagem da Rádio Bandeirantes que o acidente aconteceu por volta de 21h.

Segundo o segurança, o local estava cheio, mas ninguém ficou ferido.

A poucos metros do ponto do acidente existe outro buraco aberto, com pontos de infiltração e goteira.  A Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente informou à Rádio Bandeirantes que este segundo é antigo, de gestões anteriores a do prefeito João Doria.

 A última reforma da Marquise foi realizada em 2010 e entregue dois anos depois, com custo de 15 milhões de reais. A marquise do Ibirapuera tem 28 mil metros quadrados e é a principal ligação entre os pontos culturais do parque.

Loading...
Revisa el siguiente artículo