Cracolândia: 6 meses após megaoperação, Doria garante que ações são diárias

Por Rádio Bandeirantes
Charles Sholl/Raw Image/Folhapress
Cracolândia: 6 meses após megaoperação, Doria garante que ações são diárias

“As ações do Projeto Redenção são diárias. É um trabalho contínuo, que exige perseverança, paciência e muita humanidade”. A afirmação foi feita pelo prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), exatamente seis meses após a megaoperação contra o tráfico de drogas na região da Cracolândia, no centro da cidade.
Em maio, João Doria havia garantido que a região acabaria “muito antes” do fim do mandato dele, que vai até dezembro de 2020.

Leia mais:
Seis meses após megaoperação na Cracolândia, problema está longe do fim

Nesta terça-feira (21), a reportagem da Rádio Bandeirantes voltou a atestar, no entanto, que o problema está longe do fim. Em poucos minutos, foi possível registrar usuários fumando crack em áreas da Praça Júlio Prestes, mesmo com a presença da Polícia Militar e da Guarda Civil Metropolitana.

Ao comentar o assunto, o prefeito disse que as ações do programa de recuperação de dependentes químicos não acabaram.

Entrega de viaduto

Doria entregou a revitalização do Viaduto Santa Ifigênia. Os trabalhos também foram iniciados há 6 meses e incluíram limpeza, pintura, recuperação da iluminação e outros ajustes.

Na chegada ao local, o prefeito foi questionado sobre a falta de acessibilidade por uma cadeirante. Doria justificou que nesse caso nada poderia ser feito porque a estrutura é tombada.

Loading...
Revisa el siguiente artículo