Conheça os sintomas da febre maculosa, que vem preocupando moradores em Santo André

Por Metro Jornal
Jogo terá início no Paço Municipal - Divulgação/PMSA
Conheça os sintomas da febre maculosa, que vem preocupando moradores em Santo André

A febre maculosa vem deixando a população de Santo André em estado de alerta, após ser confirmada como causa da morte de um jovem morador do Morro da Kibon. A doença é causada por carrapatos contaminados pela bactéria do gênero Rickettsia, que, apesar de serem mais comuns em animais de grande porte, como bois e cavalos, também podem ser encontrados em cães e aves domésticas, oferecendo riscos para moradores de áreas urbanas.

Sintomas

Os sinais da doença aparecem cerca de sete dias após a picada do carrapato. Os principais são dores no corpo e de cabeça e febre alto, o que pode ser confundido com dengue ou leptospirose. Depois, o paciente pode apresentar pequenas manchas avermelhadas na pele e erupção cutânea, inclusive na palma das mãos e na planta dos pés, característico da doença.

Leia mais:
Morte por febre maculosa deixa bairros de Santo André em alerta

Diagnóstico e tratamento

Apesar de possuir um exame específico pra identificar a doença, os resultados demoram muito para aparecer. Na maioria dos casos, o diagnóstico é feito por análise clínica. O paciente deve dar o máximo de detalhes que puder ao médico, já que os sintomas são muito semelhantes aos de outras doenças. Ainda não há vacina contra a febre maculosa brasileira.

É importante que o tratamento com antibióticos seja iniciado logo nos primeiros dias, já que a doença pode provocar complicações graves, como o comprometimento do sistema nervoso central, dos rins e pulmões e das lesões vasculares, e levar ao óbito.

O que faço se eu estou em uma área com carrapatos?

Médicos recomendam examinar cuidadosamente seu corpo a cada três horas, uma vez que o carrapato infectado precisa de pelo menos quatro horas fixado na pele para transmitir a doença. Também devem ser utilizadas roupas claras, para enxergá-los melhor.

Loading...
Revisa el siguiente artículo