Coronel da FAB é morto dentro de túnel no Centro

Por METRO Rio e Bandnews FM
Carro do militar da FAB (no detalhe) foi parado na faixa esquerda da via - Reprodução
Coronel da FAB é morto  dentro de túnel no Centro

Um coronel reformado da Força Aérea Brasileira (FAB) foi morto no Túnel Marcello Alencar, que liga a zona sul à zona portuária, na manhã de ontem. Testemunhas contaram que Ialdo Pimental, 66 anos, teria tentado reagir à um assalto. Delegado-adjunto da Divisão de Homicídios  da Polícia Civil, André Timoni disse que a polícia investiga as possibilidades de latrocínio (roubo seguido de morte) e de execução. Os bandidos não levaram pertences da vítima.

“Imagens de câmeras de segurança mostram que dois suspeitos já vinham seguindo o veículo desde o Aterro do Flamengo. Depois tentaram abordá-lo já dentro do túnel, e ele conseguiu escapar. Mas, os criminosos ultrapassaram o veículo da vítima, pararam e o carona desceu e atirou”, explicou o delegado.

A PM encontrou o veículo parado na faixa da esquerda do túnel, no sentido rodoviária. A mulher do coronel, que estava no banco do carona, presenciou a morte do marido. Ela disse à polícia que o casal seguia para Bangu, na zona oeste, onde ela desenvolve um trabalho com crianças com necessidades especiais.

“Ele acelerou o veículo para tentar fugir, aí os criminosos realizaram três disparos”, contou o motorista de um aplicativo Ivânio Trindade, 41 anos, que presenciou o crime.

A perícia foi feita ontem à tarde no local. Apesar de aposentado, o militar continuava trabalhando no Centro de Computação da Aeronáutica. 

Loading...
Revisa el siguiente artículo