Dois suspeitos de matar moradora de rua são presos no Rio

Por Estadão Conteúdo
Fernanda foi morta com um tiro no peito em Copacabana - Reprodução/ Redes sociais
Dois suspeitos de matar moradora de rua são presos no Rio

Dois suspeitos de matar a tiros a moradora de rua Fernanda Rodrigues dos Santos, de 40 anos, foram presos nesta terça-feira, 14, pela Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro. O crime aconteceu no dia 18 de outubro, em Copacabana, zona sul da capital fluminense. Segundo a Polícia Civil, os suspeitos são o lutador de MMA Claudio José Santos, de 42 anos, e o estudante de Medicina Rodrigo Gomes Rodrigues, de 28 anos.

A vítima foi morta com um tiro no peito enquanto dormia debaixo de uma marquise na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, próximo à esquina da Rua Duvivier. Fernanda estava acostumada a dormir no local havia cerca de quatro anos, carregava seus pertences em sacolas penduradas no corpo e "era uma pessoa carismática e muito adorada no bairro de Copacabana", diz a polícia.

O estudante de Medicina está, atualmente, no 10º período do curso. O lutador também foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Na sua casa, foram encontrados 142g de cocaína, 96g de crack e 10g de maconha, uma balança de precisão e as roupas usadas no dia do crime.

A Polícia não divulgou o que teria levado os dois suspeitos a matá-la. Não foi possível localizar as defesas dos acusados, para que comentassem as acusações.

Loading...
Revisa el siguiente artículo