São Bernardo vai rever licenças ambientais liberadas até outubro

Por Metro Jornal ABC
Alessandro Valle/ ABC Digipress
São Bernardo vai rever licenças ambientais liberadas até outubro

A Prefeitura de São Bernardo suspendeu todas as licenças ambientais liberadas de 1º de janeiro a 31 de outubro deste ano, período em que a Secretaria de Gestão Ambiental era comandada pelo advogado Mário Henrique de Abreu. O ex-secretário foi exonerado em 31 de outubro após operação do Ministério Público que investiga corrupção na pasta.

O processo segue em segredo de Justiça.  Abreu, que é também vereador licenciado, nega as acusações.

Além das licenças, a prefeitura suspendeu de forma cautelar termos de compromisso ambiental, termos de compromisso de recuperação ambiental, autorização ambiental e alvará ambiental.

Todos os interessados serão notificados e deverão formular requerimento na Rede Fácil. Após análise, a licença será revalidada ou, “se considerada viciada”, anulada.

Pesquisa realizada pela reportagem do Metro Jornal, com base nas publicações do “Notícias do Município”, mostra a emissão de 200 licenças ambientais e 161 autorizações ambientais para supressão de vegetação no período.   

Loading...
Revisa el siguiente artículo