Família contesta PM sobre morte de adolescente de 14 anos

Por Estadão Conteúdo
Willian Kury/Rádio Bandeirantes
Família contesta PM sobre morte de adolescente de 14 anos

No domingo, 5, um adolescente de 14 anos foi morto com um tiro no pescoço pela Polícia Militar em Santo André, no ABC Paulista. Parentes e amigos do jovem contestam a versão da corporação de que a vítima teria reagido a uma abordagem policial e estaria envolvida no furto de uma motocicleta.

Luan Gabriel Nogueira de Souza foi atingido pelo disparo de um cabo da corporação enquanto estava em uma viela e conversava com amigos no último domingo (5). Testemunhas afirmam que PMs tentaram forjar um tiroteio. Luan foi enterrado na última terça-feira (7) sob forte comoção.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais Adilson Antonio Senna de Oliveira e José de Souza realizavam patrulhamento no Parque João Ramalho, em Santo André, após o registro de furto de uma motocicleta do pátio da prefeitura. Na Travessa 7 da Rua Paraúna, teriam visualizado jovens desmontando o veículo, no momento em que esses suspeitos trocaram tiros com a guarnição.

Disparo policial

A versão é contestada pela família, que diz que Luan saiu de casa, em uma travessa próxima, instantes antes para ir ao mercado comprar bolachas.

Ao passar pela viela, cumprimentou colegas e foi surpreendido com o disparo do policial, que teria entrado no local atirando. "Indícios apontam para execução", disse o advogado Ariel de Castro Alves, do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe). “A mãe, cozinheira Maria Medina Costa Ribeiro, de 43 anos, cobrou investigação”.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública informou que foi aberto inquérito policial-militar pelo 10.º Batalhão, sob acompanhamento da Corregedoria da PM. "Os policiais envolvidos foram afastados do serviço operacional."

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Band. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A Band poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Loading...
Revisa el siguiente artículo