Estado de São Paulo tem 62 bibliotecas acessíveis a deficientes visuais

Por Metro Jornal

Fagner Demesio do Nascimento tem 29 anos e nasceu com glaucoma congênito nos dois olhos. Desde os 6 anos, quando aprendeu a ler, ele sente “grande dificuldade para encontrar material em escrita braile”. Pensando nesse obstáculo, o projeto “Acessibilidade em Bibliotecas” uniu tecnologia e acessibilidade e levou equipamentos que facilitam a leitura para pessoas com deficiência visual a 62 bibliotecas paulistas – seis delas na capital.

Parceria entre a SEDPcD (Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência) e a Secretaria Estadual de Justiça e Defesa da Cidadania, o projeto selecionou bibliotecas de 55 cidades paulistas por meio de um edital aberto em 2015.

As vencedoras receberam ampliador de leitura, scanner, teclado ampliado, mouse estacionário, software de voz, leitor de tela e computador. Algumas das bibliotecas, como a Louis Braille, do CCSP (Centro Cultural São Paulo), receberam também display e impressora em braile.

“Com as ferramentas, nós atendemos pessoas sem recursos, que não têm tecnologia nenhuma e adoram ler o braile”, conta Edvaldo dos Santos, 56 anos, que tem deficiência visual parcial e é revisor braile da biblioteca acessível do CCSP.

Também funcionária da biblioteca do CCSP, Bruna Pacheco conta que os equipamentos não ajudam apenas nos estudos. “Às vezes alguém quer consultar o extrato de uma conta, ler uma carta pessoal, e não quer pedir ajuda a outra pessoa.”

Nas palavras de Demesio, instrumentos de leitura instantânea representam uma “independência grandiosa” a pessoas com deficiência visual. Ele é prova disso. Formado em análise de sistema, Demesio trabalha na biblioteca Mário Schenberg (zona oeste) –uma das vencedoras do edital– dando aulas de informática com NVDA, um sistema que transforma em áudio o conteúdo escrito na tela.

Na capital, também receberam os equipamentos as bibliotecas Álvares de Azevedo (zona norte); Vicente Paulo Guimarães (zona leste); Prefeito Prestes Maia (zona sul); e Paulo Setúbal (zona leste).  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo