Desrespeito a vaga reservada em shopping gera 20 multas por dia

Por André Vieira - Metro Jornal São Paulo
Reprodução
Desrespeito a vaga reservada em shopping gera 20 multas por dia

Iniciada no dia 1º, a fiscalização da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) sobre o uso das vagas reservadas para idosos e pessoas com deficiência em estacionamentos particulares, como shoppings e supermercados, já flagrou 241 casos de desrespeito. Em média, são 20 autuações por dia.

Presidente da companhia, João Octaviano Neto fez ontem ao Metro Jornal balanço positivo das ações, mas admitiu que tarefa de orientar e conscientizar o motorista tem sido árdua.

Do ponto de vista educacional, está sendo ótimo mostrar aos usuários que há uma regulamentação que protege idosos e deficientes e que deve ser respeitada também nos espaços privados.”

Criar “a cultura do respeito por essas vagas reservadas” nos paulistanos, no entanto, que é o objetivo da CET, tem os seus desafios.

“Por outro lado, estamos constatando que esse trabalho de conscientização ainda é muito difícil. Só hoje (ontem), em uma hora no shopping Interlagos, flagramos 11 casos de desrespeito”, contou o presidente.

O condutor que estaciona nas vagas para idosos e deficientes sem o cartão de autorização é multado em R$ 293,47 e acumula sete pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Das multas aplicadas até aqui na capital, 210 foram por estacionamento em vaga de idoso e 31 em vagas para pessoas com deficiência.

A CET só pode fiscalizar os espaços que atendem às exigências legais sobre as vagas. Até aqui, cinco shoppings e dois supermercados já se adequaram e outros 72 estabelecimentos já deram entrada na regulamentação.

Número de solicitações sobe 333%
O aumento da procura por cartões de estacionamento entre idosos e pessoas com deficiência era esperado após o início da fiscalização em espaços privados, mas até o próprio DSV (Departamento de Operação do Sistema Viário) se espantou com o crescimento de 333%.

O número de pedidos diários passou de 300 para 1,3 mil. “Foi muito mais do que a nossa expectativa. O serviço nunca teve fila, mas com a divulgação da fiscalização no comércio, os beneficiários entenderam a importância de garantir o seu direito”, afirmou o diretor do DSV Edson Caram.

Só ontem, foram recebidos 5 mil pedidos pelos Correios, que nem entram na conta do aumento de 333%, que é só das solicitações presenciais. Para atender a demanda, o atendimento presencial passou de um para quatro postos e deverá chegar a mais cinco ou seis endereços em breve. Nos próximos dias, a ideia é oferecer agendamento pelo site com dia e hora. “A opção mais confortável ainda é solicitar pelo Correios. Todo o passo a passo está no site.

Basta preencher a ficha, juntar a documentação, nos enviar, e esperar pelo cartão em casa”, afirmou Caram. Atualmente, existem 600 mil cartões ativos. A estimativa é que, pelo menos, mais 1,5 milhão tenha direito.

Arte estacionamento

Loading...
Revisa el siguiente artículo