'Pancadões' continuam em Paraisópolis mesmo após ação da PM, relatam moradores

Por Lais Pagoto
Divulgação
'Pancadões' continuam em Paraisópolis mesmo após ação da PM, relatam moradores

Mesmo após uma grande operação da Polícia Militar em Paraisópolis, na Zona Sul de São Paulo, os chamados “pancadões” aconteceram no último final de semana. A ação tinha como objetivo combater a realização do “Baile da Dezessete”, na Rua Ernest Renan.

Cerca de 100 policiais militares e guardas civis ocuparam parte da comunidade, na noite do último sábado (15) – mas não encontraram nenhuma movimentação do baile funk.

No entanto, moradores e comerciantes relatam que o pancadão aconteceu sim, assim que a polícia deixou o local, por volta das 4 horas da manhã.

Uma moradora de um condomínio, que fica a 1 km de onde ocorreu a operação, relata sobre um baile funk que começou no sábado à tarde e só terminou no domingo de manhã. Segundo ela, o pancadão apenas mudou de lugar.

A BandNews FM questionou a Polícia Militar e a Prefeitura de São Paulo sobre o baile funk que aconteceu após a operação, mas ainda não recebeu uma resposta.

Leia mais:
Anitta critica proposta que quer criminalizar o funk no Brasil
‘Vou lutar contra’, diz Valesca Popozuda sobre proposta de criminalização do funk

Lei do Pancadão

Em vigor desde fevereiro deste ano, a lei 16.049 proíbe a realização de bailes funk em todo o Estado de São Paulo e prevê a apreensão dos equipamentos pela Polícia Militar caso haja perturbação do sossego. A multa é de R$ 1 mil e pode chegar a R$ 4 mil se houver reincidência em um período de 30 dias.

Loading...
Revisa el siguiente artículo