Conheça 10 iniciativas que estão transformando São Paulo

Por: Carlos Minuano - Metro

Das janelas de apartamentos em frente ao Minhocão, peças teatrais cheias de humor divertem dezenas de pessoas; ao lado, outra turma prepara um churrasquinho e discute propostas para melhorar o ambiente no velho elevado Costa e Silva, como a criação de um parque e de jardins verticais. Não muito longe do centro, um grupo quer tornar mais verde o árido largo da Batata, em Pinheiros. Como? Plantando jacarandás-carobas, jequitibás-rosas, ipês-roxos, entre outras plantas. Tudo sem respaldo da prefeitura — quem na prática deveria estar cuidado da área. É fato que não faltam problemas na sétima cidade mais populosa do planeta, que completa 462 anos no próximo dia 25. Mas por toda a parte, também não falta gente querendo botar a mão na massa para melhorar aquelas muitas coisas que não andam muito bem. Tem horta comunitária na periferia, cooperativa de catadores, mapeamento de rios, gastronomia social e outras ações.

Desde as manifestações de junho de 2013, pessoas de todas as tribos e idades estão protagonizando um movimento que propõe, além de ocupar os espaços públicos, dar novo sentido aos seus usos. Traço comum entre eles: são em geral comunitários e colaborativos. O lema é: “a cidade é nossa”.

Mas o movimento de volta às ruas não se limita mais aos protestos politícos ou à defesa das tantas causas justas e urgentes. A população quer também andar de bike, ir ao parque, fazer piquenique, enfim, curtir a cidade. E para celebrar o aniversário dessa São Paulo de todos nós, o Metro Jornal selecionou dez iniciativas de cidadãos, coletivos e empresas que estão mudando (para melhor) a cara de uma das metrópoles mais globalizadas do mundo.

art-1
art-2

Faça você mesmo a cidade que deseja

São Paulo tem atualmente uma população de mais de 11 milhões de pessoas. Mas nem todos estão felizes com a cidade, a maioria se diz insatisfeita. Para ser mais exato, 68% dos moradores da capital paulista deixariam a cidade se pudessem, segundo pesquisa do Ibope, encomendada pela Rede Nossa São Paulo em parceria com a Fecomercio.

No mesmo espaço, outros indivíduos, grupos e empresas preferem ficar, e mais do que isso, fazer algo para interferir, positivamente, no meio. Gente de todos os tipos, ajudando com o que pode e com o que sabe fazer. Tem artistas grafitando parede, urbanistas construindo jardins – se não dá para fazer no chão, por causa dos prédios, então o verde se adapta ao concreto dos prédios em elegantes jardins verticais.

A ideia é simples: São Paulo: faça a sua. Vontade e criatividade não estão em falta. Confira mais iniciativas e experiências que expressam em ações um grande abraço na cidade.

31
344

Loading...
Revisa el siguiente artículo