Moradores relatam toque de recolher em São Paulo

Por Tercio Braga
Comerciante fecha as portas na zona norte de SP | Reprodução/Band Comerciante fecha as portas na zona norte de SP | Reprodução/Band

Moradores da Vila Guilherme, na zona norte de São Paulo, relataram que bandidos teriam instituído um toque de recolher na região na tarde desta terça-feira. Acionada, a Polícia Militar connstatou que vários estabelecimentos estavam com as portas fechadas, mas apura se realmente occorreu a ação criminosa ou se ocorreram soment boatos.

Um ônibus foi incendiado na Avenida Zaki Narchi, a cerca de 200 metros do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais). Outro veículo, um Fiat Uno, também foi queimado na região.

Segundo o coronel da PM Mauro Lopes, mais de 200 policiais foram deslocados para reforçar o efetivo já existente na região. Apesar disso, o oficial reforçou em entrevista ao programa Brasil Urgente que “não há nehnuhma iformação sobre ataques organizados” por criminosos.

Um grupo armado teria percorrido as principais vias do bairro alertando sobre o toque de recolher. Esses homens seriam membros do PCC (Primeiro Comando da Capital) agindo em represália à morte de outro um integrante do grupo, conhecido como J.J., ocorrida ontem.

Policias da Rota (Ronda Ostensivas Tobias Aguiar) permanecerão na área até a madrugada, protegendo principalmente as linhas de ônibus que circulam pela ruas da região. Apesar disso, a corporação afirmou que não trabalha em estado de alerta e que seu status de ação é normal.

Ônibus incendiado pelos moradores | Reprodução/Band Ônibus incendiado pelos moradores | Reprodução/Band
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo