Jovem relata estupro após discussão sobre política

Por lyafichmann
Jovem relata no Facebook que foi agredida e estuprada depois de ter discutido sobre política | Reprodução/Facebook Jovem relata no Facebook que foi agredida e estuprada depois de ter discutido sobre política | Reprodução/Facebook

Uma jovem de 17 anos relatou em sua página do Facebook que foi violentada sexualmente após discutir sobre política com três homens no último sábado, véspera de eleições. Ela caminhava pela Rua São Clemente, em Botafogo, no Rio de Janeiro, quando teria interferido na discussão do trio com uma outra mulher.

Segunda ela, os três homens a seguiram até o ponto de ônibus e a arrastaram para um lugar escuro, onde aconteceu o estupro. Antes, eles ainda teriam agredido a adolescente, rasgado as notas de dinheiro que ela tinha dentro da bolsa e tentado fazer com que ela engolisse.

“Tentaram enfiar goela a baixo, dissertando ‘ué, você não é anarquista’?”, contou a jovem no Facebook. Na publicação, que tem mais de dois mil compartilhamentos, ela diz que decidiu tornar pública a história porque “deixou de ser meramente pessoal  para ser uma causa coletiva” e que envolve “luta contra o machismo, racismo e xenofobia”.

No início da semana a adolescente registrou ocorrência na Delegacia Especial e Atendimento à Mulher (Deam). Ela afirma ter encontrado mais uma vítima de violência dos mesmos homens que a agrediram. “Teve seu colo e uma parte de sua coxa chutada por um dos caras só porque estava com um adesivo, por ser negra e nordestina”, disse. A agressão à outra vítima teria acontecido no bairro Santa Tereza.

O caso foi registrado como estupro. A polícia busca as imagens das câmeras de seguranças de estabelecimentos comerciais próximos ao local da agressão para identificar os suspeitos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo