Adolescente suspeito de matar empresária é detido em São Paulo

Por Tercio Braga
De boné vermelho, menor deixa camburão após ser preso / Reprodução/Band De boné vermelho, menor deixa camburão após ser preso / Reprodução/Band

Dois suspeitos de terem envolvimento com o assassinado a empresária Vanessa Baroni foram detidos nesta quinta-feira (30), em São Paulo.

Ambos faziam parte de uma quadrilha especializada no roubo de carros e motos. Eles foram detidos com outros três criminosos na região de Embu das Artes, na zona sul da capital paulista. Com o bando, também foram apreendidos cinco veículos, todo roubados.

Um dos criminosos suspeitos do crime é um menor, de 17 anos, que teria disparado o tiro que matou a empresária de 39 anos. O outro, maior de idade, teria pilotado a moto usada no crime.

Os dois filhos da empresária foram informados das detenções e se dirigiram ao 85º DP para fazer o reconhecimento.

O crime

Na noite do dia 15 de setembro, a empresária Vanessa Baroni saía de carro com seu filho, de um condomínio na zona oeste da capital, quando foi abordada por dois assaltantes, que estavam em uma moto.

Durante a abordagem do assalto, o filho da empresária reagiu e tentou desarmar o bandido. Após o jovem de 15 anos fracassar na tentativa de tirar o revólver do assaltante, o adolescente e sua mãe foram baleados.

Vanessa foi encaminhada ao Hospital Cruzeiro do Sul, em Osasco, mas não resistiu aos ferimentos na região do tronco. O filho da empresária passou por cirurgia e ainda se recupera dos dois tiros que levou, um no cotovelo e outro de raspão na barriga. Ele não viu a mãe ser baleada e só soube que ela havia morrido no hospital, ao conversar com o pai.

Em entrevista ao programa Brasil Urgente, o filho da empresária disse que, se vivesse novamente a situação, teria uma atitude diferente. “Não teria reagido, mas ele poderia ter atirado do mesmo jeito. Como era um menor, acho que ele não tinha muito consciência do que estava fazendo”, afirmou.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo