São Paulo investirá R$ 4,7 bilhões em sistemas de drenagem

Por Nadia
Medida visa evitar enchentes na capital paulista | Rodrigo Capote/Folhapress Medida visa evitar enchentes na capital paulista | Rodrigo Capote/Folhapress

A Prefeitura de São Paulo pretende investir R$ 4,7 bilhões em sistemas de drenagem para evitar enchentes na cidade. No último fim de semana, apesar de as pancadas terem sido fracas, foram registrados pontos de alagamento na cidade.

De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura Urbana e Obras, Roberto Garib, o planejamento para o próximo período de chuvas inclui a construção de piscinões. Ele afirma que o investimento será feito em parceria com o governo federal e deverá aumentar em 50% a capacidade de drenagem na capital paulista.

As chuvas não têm, no entanto, surtido efeito no Sistema Cantareira – reservatório que abastece nove milhões de pessoas e que já está na segunda reserva técnica, o chamado volume morto (que fica abaixo dos dutos de captação).

Segundo o secretário estadual de Recursos Hídricos, Mauro Acre, isso ocorre porque o solo dos reservatórios ainda está muito seco. Ele explicou a Milton Parron, no programa Ciranda da Cidade, que a média histórica de chuva durante o verão deverá fazer com que a situação se normalize.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo