Dois ônibus são incendiados na zona leste de São Paulo

Por Nadia
Um grupo de cerca de 20 pessoas incendiou dois ônibus em Cidade Tiradentes | Reprodução/Band Um grupo de cerca de 20 pessoas incendiou dois ônibus em Cidade Tiradentes | Reprodução/Band

Um grupo de cerca de 20 pessoas incendiou dois ônibus na noite de ontem por volta das 21h, em Cidade Tiradentes, no extremo leste de São Paulo, e continua foragido.

Armados de revólveres, facas e pedaços de pau, os criminosos invadiram um ônibus da Viação Express, que fazia a linha 407C (Inácio Monteiro – Penha) e outro da Viação VIP, de linha 4314 (Inácio Monteiro – Terminal Pq. D. Pedro II).

Segundo testemunhas, o grupo alegou que o ato foi um protesto contra a morte de um adolescente em um baile funk no fim da noite de domingo na mesma região, atingido por uma bala perdida, e que os tiros teriam partido de policiais militares.

O tiroteio ocorreu na Rua Cachoeira da Felicidade, próximo à Avenida Doutor Guilherme de Abreu Sodré, e revoltou os parentes de Kevin Guilherme dos Santos, de 16 anos, que morreu no pronto-socorro do bairro.

Horas depois, um grupo realizou um protesto em frente à unidade médica. Muita sujeira foi deixada no local pelos manifestantes. Policiais civis do Grupo de Operações Especiais foram acionados, mas ninguém foi preso.

A troca de tiros deixou outro baleado, Djorge Ferreira de Sá, de 14 anos, encaminhado em estado grave no Hospital Geral de Guaianazes. O caso será investigado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, o DHPP.

Pelo menos 118 ônibus já foram incendiados na capital paulista somente neste ano.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo