Menina passa mais de 5 mil trotes na Polícia Militar

Por lyafichmann
Central de operações da Polícia Militar | Divulgação/Polícia Militar Central de operações da Polícia Militar | Divulgação/Polícia Militar

Uma menina de 8 anos passou 5.657 trotes telefônicos à central de atendimento de ocorrências da PM (Polícia Militar) em Botucatu, no interior. As ligações foram feitas entre maio deste ano e na terça-feira, quando a criança foi localizada e levada à delegacia. Por dia, eram feitos de 37 a 40 trotes.

Segundo o capitão da PM Marcelo Ricardo Silva, a criança já era conhecida pelos atendentes do serviço 190 da região. “Ela costumava pedir socorro e, logo depois, dava risada. Desde maio a gente já sabia que se tratava de uma criança”, disse.

O capitão afirmou que a policial que atendeu o telefonema conseguiu prender a atenção da criança o tempo necessário para que a tecnologia do serviço identificasse o local de onde estava sendo feita a ligação.

Uma viatura foi até o local e levou a criança e a responsável, a avó, até a Delegacia da Mulher da cidade. Lá, as duas foram orientadas pela delegada de plantão e pelo conselho tutelar para que a criança não passe mais trotes.

“Não chegou a ser configurado crime de falsa comunicação porque desde o início nós já sabíamos que era uma criança que não estava sendo orientada. Ela estava brincando. Medidas de proteção à criança foram tomadas”, afirmou o capitão Silva.

O serviço 190 de Botucatu atende outras oito cidades da região. Por dia, cerca de 500 ligações são atendidas. Em média, 20% são trotes.

Loading...
Revisa el siguiente artículo