Polícia identifica suspeitos de matar delegado em São Paulo

Por Carolina Santos
Rafael dos Santos e Vinícios Lopes, suspeitos de matar delegado, estão foragidos | Divulgação/Polícia Rafael dos Santos e Vinícios Lopes, suspeitos de matar delegado, estão foragidos | Divulgação/Polícia

A Polícia Civil afirmou na segunda-feira que identificou os suspeitos de matar o delegado Francisco de Assis Camargo Magano, de 49 anos, no mês passado. Ele foi executado no bairro da Penha, na zona leste, durante uma tentativa de assalto ocorrida na noite do dia 13 de setembro.

Segundo o Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), os suspeitos Rafael Ribeiro dos Santos e Vinícius de Jesus Lopes, ambos de 18 anos, foram identificados por meio da coleta de digitais no local do crime. O celular do delegado, levado pelos bandidos, também ajudou na investigação.

A dupla está foragida. O delegado Carlos Battista, responsável pelo caso, afirmou que os dois são especialistas em roubo de carros na região. “Temos provas materiais contra os dois. Eles são os responsáveis pela morte do delegado Magano”, afirmou Battista.

A vítima atuava no DHPP (Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa). Magano teria reagido a um assalto quanto retirava objetos do porta-malas de seu carro. O policial estava acompanhado da namorada no momento da ação. Um homem que passava pelo local levou o delegado ao Hospital do Tatuapé, mas ele não resistiu.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo