Detentos iniciam novo motim em penitenciária no Paraná

Por Carolina Santos
Detentos iniciam motim na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão | Divulgação/Depen-PR Detentos iniciam motim na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão | Divulgação/Depen-PR

Um grupo de 36 presos da Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão (PEFB), na região sudoeste do Paraná, começou um motim no início da manhã desta terça-feira. A quarta galeria do bloco três do presídio está isolada. Segundo o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná, Antony Jhonson, desta vez nenhum agente foi feito refém.

Na hora de distribuir o café da manhã, os agentes penitenciários da unidade perceberam que uma das portas estava quebrada e recuaram no momento que começou o motim dos presos de pelo menos seis celas. Os agentes trancaram a galeria e chamaram a Polícia Militar.

A área foi isolada e o Batalhão de Operações Especiais negocia o fim da rebelião. Segundo o sindicato dos agentes, um barulho de disparos de arma de fogo foi ouvido dentro do presídio. Desde o início de 2014, o sindicato contou 22 rebeliões e 45 agentes reféns.

Segundo o presidente, o motim foi anunciado há cerca de um mês e os agentes encaminharam um documento com relatos das interceptações de presos que planejavam uma rebelião. Outros dois presídios, em Londrina, no Norte, e em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, também têm ameaças de rebelião constatadas pelos funcionários.

A Secretaria de Estado da Justiça do Paraná ainda não se pronunciou sobre o caso.

Loading...
Revisa el siguiente artículo