Homem apontado como assassino em série de Goiânia presta depoimento

Por fabiosaraiva
Imagens de câmeras de segurança ajudaram a polícia a localizar suspeito | Reprodução/Band Imagens de câmeras de segurança ajudaram a polícia a localizar suspeito | Reprodução/Band

O homem apontado como o assassino em série de Goiânia, que executou mulheres, homossexuais e moradores de rua, prestou novo depoimento na madrugada desta sexta-feira. Ele foi ouvido pela equipe de investigação até as 6h na delegacia onde está preso.

O suspeito está detido na Delegacia Estadual de Investigações de Homicídio, em caráter temporário. Ele deve ser transferido para a Casa de Prisão Provisória, em Aparecida de Goiânia, mas até esta sexta não havia previsão de data para a transferência.

Na madrugada de quinta-feira, o suspeito tentou se suicidar na cela em que estava isolado. Ele teria quebrado uma das lâmpadas do local e cortado os pulsos. O assassino foi socorrido pelos bombeiros.

Até o momento, a polícia diz ter indícios claros de 23 crimes, embora o vigilante, de 26 anos, admitiu ter matado 39 pessoas. Na casa dele foram apreendidos um revólver e uma motocicleta.

Identificado como suspeito graças a imagens registradas por várias câmeras de segurança, o homem vinha sendo investigado há mais de um mês. O suspeito disse que matava para “se livrar de uma angústia e por sentir prazer”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo