Detentos rebelados no Paraná entregam lista com reivindicações

Por Tercio Braga
Dois detentos foram jogados do telhado em rebelião no Paraná | Divulgação / Sindarspen Dois detentos foram jogados do telhado em rebelião no Paraná | Divulgação / Sindarspen

O segundo dia da rebelião na PIG (Penitenciária Industrial de Guarapuava), na região Centro-sul do Paraná, chegou ao fim sem solução para o impasse nas negociações.

Dez agentes penitenciários continuam reféns nas mãos dos rebelados, assim como 7 presos, condenados por crimes sexuais, marcados para serem castigados pela massa carcerária.

No começo da rebelião havia 13 funcionários reféns. O primeiro foi libertado ainda na segunda, ao ser queimado com cola quente. Os presos soltaram o segundo em troca da entrega do almoço no presídio, às 11h. Já o terceiro, que tem problemas de saúde, saiu às 17h30, segundo a Seju (Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos).

Quase 40 detentos lideram o motim. De início, havia 20 presos castigados nas mãos dos rebelados. Vários foram  agredidos e amarrados seminus sobre o pavilhão, que tem cerca de 4 metros de altura. Onze deles conseguiram fugir pulando do telhado, e outros dois se feriram moderadamente ao serem atirados. Os detentos reivindicam transferência para outras unidades, progressão de regime e fim da opressão. O Sindarspen (Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná) afirma, porém, que as pautas são difusas e o diálogo está difícil.

“Os presos reagem com agitação a qualquer movimento da polícia. E não estão querendo colaborar, nos parece que eles querem arrastar as conversações para fazer a rebelião durar mais”, diz Petruska Niclevisk, vice-presidente do Sindarspen, que acompanha as negociações no local. Há 239 presos na unidade.

Fuga

Seis detentos fugiram da Cadeia Pública de Guarapuava, também ontem, ao sair por um buraco no telhado feito em uma das celas. Quatro deles foram recapturados. A secretaria não confirma que a fuga, em outra unidade prisional na mesma cidade, tenha relação com a rebelião.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo