Com locais depredados, nova obra na praça Roosevelt vai custar mais R$ 1,4 milhão

Por Tercio Braga

Dois anos depois de passar por uma revitalização que custou R$ 55 milhões, a praça Roosevelt vai ganhar uma nova reforma.  (veja as fotos no fim do texto)

Com bancos e corrimões depredados, vidros quebrados e pichações por todos os lados, a praça deve ganhar um “banho de loja” que inclui troca de iluminação, reforma das bases da GCM (Guarda Civil Metropolitana) e um espaço reservado para prática de skate. O objetivo é fazer com que os skatistas deixem de circular na parte superior da praça.

O local escolhido pela gestão do prefeito Fernando Haddad (PT) para os skatistas foi a parte próxima à rua da Consolação. A área, que vai contar com cinco rampas, canaletas e corrimãos, terá 1.152 metros quadrados.

A estimativa da prefeitura é de que essa nova reforma custe R$ 1,4 milhão. Também será implantada uma rotatória ligando as ruas Martinho Prado e Nestor Pestana ao estacionamento subterrâneo da praça. Ali funcionava a antiga boate Kilt, que foi desativada e demolida na gestão do ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD).

Segundo a SP Obras, órgão da Siurb (Secretaria de Infraestrutura Urbana), essa intervenção deve evitar a lentidão causada pelos carros que vão chegar até o estacionamento pela rua da Consolação.

A licitação foi aberta na sexta-feira, e a obra deve durar cerca de seis meses.

A SP Obras também afirma ter feito os reparos necessários no local onde está prevista uma base da PM (Polícia militar).

O espaço nunca foi inaugurado porque, segundo a corporação,  foi entregue fora dos padrões exigidos.

De acordo com a PM, a área, a cabine não tinha vidro à prova de bala e ar-condicionado.

Sandra de Oliveira

A arquiteta responsável pelo novo projeto, Sandra Soares de Oliveira, afirma que o modelo vai trazer mais harmonia entre moradores e skatistas.

Como você avalia a necessidade de uma nova reforma em tão pouco tempo?

Vejo que a série de depredações é uma consequência natural da ocupação da praça.

O que será feito para isso não se repetir?

O espaço para skatistas vai incentivá-los a usar apenas esse local. Dessa forma, evitamos que eles usem os bancos de madeira.

O skate só será permitido na área exclusiva?

A ideia é que eles se concentrem ali, uma vez que o espaço será 100% adequado aos skatistas. Mas não vamos proibir no restante da praça. Com certeza teremos mais harmonia entre todos.

detalhe da reforma da praca rosevelt

implantacao reforma praca rosevelt

[metrogallerymaker id=”390″]

Loading...
Revisa el siguiente artículo