Homicídios e latrocínios voltam a subir em São Paulo

Por Tercio Braga

O número de homicídios dolosos (com intenção) subiu pelo segundo mês consecutivo na capital em agosto. Segundo balanço divulgado nesta quinta-feira pela SSP (Secretaria de Segurança Pública), no mês passado foram registrados 84 assassinatos, ante 79 em agosto de 2013 – aumento de 6,3%.

Os dados também mostram aumento de 18,2% na quantidade de latrocínios (roubos seguidos de morte) em relação ao mesmo mês do ano passado. Foram 13 casos em agosto deste ano, ante 11 do mesmo mês de 2013.

Segundo o balanço, os roubos subiram pelo 15º mês seguido em agosto. Os casos passaram de 11,4 mil, no ano passado, para 12,9 mil no mês passado, uma alta de 13,6%. Em média, uma pessoa é roubada a cada meia hora na capital.

Já os furtos caíram 11,8%. Foram 15,1 mil em agosto, ante 17,2 mil casos no mesmo mês do ano passado. A quantidade de veículos levados por bandidos também caiu. Passaram de  8,6 mil, no oitavo mês de 2013, para 8,2 mil em agosto passado – queda de 3,9%.

No Estado, os roubos também registraram a 15ª alta consecutiva. Foram 25,3 mil no mês passado (média de um caso a cada 15 minutos), ante 22,6 mil em agosto de 2013 –crescimento de 11,7%.

O secretário da Segurança, Fernando Grella afirmou que os roubos e furtos são as principais preocupações da secretaria. “No entanto, queria frisar que a tendência de desaceleração verificada em 2014 permanece. Os roubos em agosto cresceram 11,7%. É um percentual menor do que os 12,6%  de julho e menor do que o índice de junho, que foi de 15%”. O secretário acrescentou ainda que os roubos não são problema somente em São Paulo, mas em todo o país.

Crimes-na-capital TABELA CRIMES AGOSTO 2014

Loading...
Revisa el siguiente artículo