Chefe do tráfico é preso em ação da polícia no morro do Alemão

| Pilar Olivares/Reuters Homem apontado como líder do tráfico de drogas no Complexo do Alemão foi preso em ação policial | Pilar Olivares/Reuters

O homem apontado como líder do tráfico de drogas no conjunto de favelas do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, Edson Silva de Souza, conhecido como “Orelha”, foi preso nesta quinta-feira na ‘Operação Urano’, realizada no Complexo do Alemão. De acordo com a Polícia Civil fluminense, além de “Orelha”, outras 26 pessoas haviam sido detidas até as 9h.

A operação tem como objetivo cumprir 44 mandados de prisão e de busca e apreensão de traficantes envolvidos em ataques a bases da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), da Unidade de Pronto Atendimento e também à 45ª Delegacia de Polícia (Complexo do Alemão), além de envolvimento na morte do Capitão Uanderson Manoel da Silva, 34 anos.

A quadrilha chefiada por “Orelha” é investigada há oito meses por policiais da UPP do Alemão em conjunto com a Subsecretaria de Inteligência. A operação conta com 300 policiais civis de várias delegacias especializadas, além da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core).

Loading...
Revisa el siguiente artículo