Arcebispo do Rio de Janeiro é vítima de assalto

Tempesta será um dos 16 novos cardeais com direito à voto no conclave / ABr/Arquivo Durante o assalto, um dos assaltantes chegou a apontar uma arma para a cabeça do arcebispo | ABr/Arquivo

O arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, foi vítima de um assalto a mão armada na noite de segunda-feira. Três assaltantes armados interceptaram o carro em que ele estava com o motorista, um fotógrafo e um seminarista, e obrigaram o grupo a entregar seus pertences.

Dom Orani foi abordado pelos assaltantes quando ia do Centro de Formação do Sumaré, na zona norte da capital fluminense, em direção ao bairro da Glória, na zona sul da cidade, onde participou de um debate.

Durante o assalto, um dos assaltantes chegou a apontar uma arma para a cabeça do arcebispo, que teve seu celular, anel e cruz levados.

Em nota, a Arquidiocese informou que Dom Orani seguiu a agenda de compromissos, enquanto os acompanhantes registraram boletim de ocorrência. Momentos depois do assalto, foram recuperados a cruz, o anel e o celular do arcebispo, além da batina do seminarista.

Loading...
Revisa el siguiente artículo