Após recorde de calor do inverno, temperatura cai 12ºC

Por lyafichmann

Pelo segundo dia consecutivo, o calor bateu recorde em São Paulo. Às 15h desta quinta-feira, os termômetros do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) marcaram 32,9oC, a maior máxima do inverno. O recorde anterior 31,6oC, foi registrado na quarta.

Após o calor intenso, a aproximação de um sistema de baixa pressão trouxe nebulosidade à capital e as temperaturas caíram rapidamente.

De acordo com o CGE (Centro de Gerenciamente do Emergências), em Parelheiros, na zona sul, em apenas duas horas, os termômetros despencaram de 30oC para 18oC.

“Essas viradas de tempo são comuns nesta época do ano. Como há uma entrada menor de massas de ar frio, há uma sequência de uns dois, três dias mais quentes para depois esfriar”, explicou o meteorologista Marcelo Schneider, do Inmet.

A massa de ar frio melhorou os índices de umidade no final da tarde. Desde terça-feira, a cidade esteve em estados de atenção e de alerta por conta do clima seco.

Nesta sexta, o calor volta, com mínima de 19oC e máxima de 30oC.

Sábado e domingo, as temperaturas sobem mais. A máxima pode chegar a 33oC. Na noite de domingo, uma massa de ar frio vinda do Rio Grande do Sul começa a se aproximar do Estado. Há previsão de chuva na capital na segunda-feira.

No Rio de Janeiro, o calor também bateu o recorde do inverno. Os termômetros marcaram 37,4°C. Foi a maior temperatura na cidade desde 21 de março, quando calor chegou aos 38,3°C.

20140912_SP02_temperatura

Loading...
Revisa el siguiente artículo