Programa já empresta mil bicicletas por dia em São Paulo

Por lyafichmann
Estação em frente a Cinemateca | Alf Ribeiro/Folhapress Estação em frente a Cinemateca | Alf Ribeiro/Folhapress

Usar a bicicleta para se deslocar em São Paulo está virando uma opção para muitos paulistanos. Prova disso são os dados do programa Bike Sampa, que tem 150 estações na cidade, com um total de 1,5 mil bicicletas.

Segundo balanço divulgado nesta quinta-feira, foram feitos 252,5 mil empréstimos nos sete primeiros meses deste ano, ante 179 mil do mesmo período de 2013, um aumento de 42%. Em média, são cerca de mil empréstimos por dia.

A meta do Bike Sampa, é chegar a 300 pontos de empréstimo até o final do ano que vem, com um total de 3 mil bicicletas disponíveis.

O serviço deve ganhar ainda mais adeptos por conta das novas ciclovias implantadas na cidade pela prefeitura. Desde o início do ano, já foram entregues 42 km de vias para bikes. Uma delas deve ser construída no canteiro central da avenida Paulista. As obras só devem começar no ano que vem porque o projeto ainda precisa da aprovação dos órgãos de defesa do patrimônio histórico.

A meta do prefeito Fernando Haddad é chegar a 400 km até o final de 2015. Além disso, desde fevereiro é possível retirar as bicicletas com o Bilhete Único.

As bikes ficam disponíveis todos os dias, das 6h às 22h. Para usar o sistema, é preciso preencher um formulário na internet (www.bikesampa.com) e pagar uma taxa R$ 10 no cartão de crédito. A primeira meia-hora é grátis. Depois disso, paga-se R$ 5 por cada 30 minutos.

Loading...
Revisa el siguiente artículo