Mulher que levou cotovelada diz que perdoaria agressor

Por lyafichmann

A auxiliar de produção que teve traumatismo craniano depois de ser atingida por uma cotovelada em São Roque, no interior de São Paulo, acredita que o agressor, o empresário Anderson de Oliveira – é parente de uma vizinha dela. Além disso, ela afirmou que perdoaria o rapaz se ele pedisse perdão pessoalmente.

Em uma entrevista em São Paulo Fernanda Cézar Santiago disse que já discutiu com a vizinha por ciúme algumas vezes. A suspeita será chamada para prestar depoimento.

A vítima também informou que não lembra os motivos da discussão. Anderson de Oliveira continua preso, mas nega que seja o agressor. As testemunhas que estavam no local da briga e não prestaram socorro à vitima podem ser indiciadas por omissão de socorro.

Fernanda Santiago ainda fala com dificuldades e toma remédios, além de ter dores de cabeça frequentes. Os médicos ainda não sabem dizer se ela vai ficar com sequelas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo