São Paulo tem 86 mil detentos além da lotação de prisões

Por lyafichmann
Presidiários terão redução de um dia na pena a cada 12 horas cursadas / Gabriela Di Bella/Metro Situação também é crítica em vários outros estados; déficit chega a 154 mil vagas | Gabriela Di Bella/Metro

O déficit de vagas no sistema penitenciário chega a quase 154 mil apenas nos sete estados que fazem parte da rede BandNews FM, além do Distrito Federal.

No Paraná, onde uma rebelião encerrada hoje deixou cinco presidiários mortos em Cascavel, seriam necessárias 5 mil novas vagas apenas para acomodar os atuais presidiários.

Apesar disso, a situação é mais grave em São Paulo, onde os presídios abrigam 86 mil detentos a mais do que a capacidade.

Já no Ceará, as penitenciárias, que poderiam receber pouco mais de 5 mil pessoas, têm quatro vezes mais presos do que o previsto.

Em Belo Horizonte, o déficit é de 21 mil vagas. No Rio de Janeiro, cerca de 38 mil detentos se espremem em celas que poderiam ter apenas 27 mil.

Em Brasília, faltam 6 mil vagas nos presídios. Porto Alegre e Salvador têm cerca de 4 mil presos a mais do que a capacidade das penitenciárias.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo