Rebelião em presídio no Paraná termina; cinco morreram

Por Nadia
Presos se mantiveram no telhado da penitenciária neste domingo | Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná Rebelados subiram no telhado da penitenciária | Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná

A rebelião na Penitenciária Estadual de Cascavel, no interior do Paraná, terminou na manhã desta terça-feira. Os detentos estavam rebelados desde o domingo.

Ao todo, cinco presos foram mortos – dois deles decapitados – e 25 ficaram feridos. Os dois agentes penitenciários que eram mantidos reféns desde o início do motim foram libertados.

Nesta segunda-feira, a transferência de presos, por medida de segurança, chegou a ser suspensa. Aproximadamente 150 dos 600 detentos foram levados para outras unidades.

A expectativa é que a penitenciária continue a abrigar de 140 a 300 presos e o número vai depender das condições do prédio.

Os internos pediam melhorias em serviços básicos, como alimentação, e menos rigor com relação às visitas. Eles também reclamavam que uma parte da unidade está danificada.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo