Pacientes são removidos de pronto-socorro após incêndio em São Paulo

Por Nadia
Pacientes foram levados para fora do hospital | Nivaldo Lima/Futura Press Pacientes foram levados para fora do hospital | Nivaldo Lima/Futura Press

Após uma explosão provocada por vazamento de gás, 24 pacientes tiveram de ser retirados do Hospital 21 de Junho, na Freguesia do Ó, na zona norte, na noite de anteontem. Cinco carros estacionados nas imediações do hospital pegaram fogo, mas não houve feridos.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, 24 pacientes foram transferidos para hospitais da região por causa da fumaça que invadiu o prédio. Dois tiveram alta. O hospital ficou fechado por 16 horas. Apenas às 14h desta terça-feira, a situação foi normalizada.

O incêndio começou por volta das 22h quando um caminhão da White Martins fazia o abastecimento de oxigênio líquido. Um motorista tentou dar partida em um carro, que pegou fogo. As chamas atingiram outros quatro carros e uma barraca de salgados. Os bombeiros só conseguiram controlar o fogo por volta das 23h45.

De acordo com a secretaria, a última vistoria do equipamento para o abastecimento de gás no centro médico havia sido realizada há cerca de 10 dias. Em nota, a White Martins afirma que o local passou por inspeção e que trabalha junto às autoridades para apurar o ocorrido.

O fogo teve início após o vazamento do oxigênio:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo