Preso suspeito de receptar carga roubada da Samsung

Por fabiosaraiva
Fábrica fica na rodovia D. Pedro I | Arquivo/Metro Campinas Fábrica fica na rodovia D. Pedro I | Arquivo/Metro Campinas

Um comerciante libanês foi preso nesta quinta-feira em Ciudad del Este, no Paraguai, suspeito de receptação de parte dos produtos avaliados em R$ 20 milhões, roubados da fábrica da Samsung em Campinas, no dia 7 de julho.

O homem é dono de uma rede de lojas na região. Em pelo menos quatro delas foram encontrados à venda produtos levados da fábrica. Segundo a polícia, a maior parte da mercadoria era composta por celulares. Outros dois homens também foram presos em lojas que vendiam produtos roubados. Além dos detidos, outro suspeito foi preso em Campinas.

Outros quatro, já identificados, estão sendo procurados.

O esquema foi desvendado pela Polícia Civil há cerca de 15 dias.

O roubo

O megaassalto na Samsung foi realizado em um período de quatro horas, quando pelo menos 11 homens invadiram a fábrica e dominaram os funcionários.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo