Pepsico confirma contaminação de Toddynho por bactéria

Por Tercio Braga
Após recomendação da Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul, um lote da bebida Toddynho será retirado dos mercados gaúchos | Divulgação Após recomendação da Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul, um lote da bebida Toddynho será retirado dos mercados gaúchos | Divulgação

A empresa Pepsico, fabricante do achocolatado Toddynho, confirmou que o lote 155123:23 da bebida está contaminado com uma bactéria que provoca indigestão. Os produtos foram distribuídos na região metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, por causa de uma falha no processo de descarte.

O lote foi retirado dos mercados em Porto Alegre na segunda-feira, após consumidores perceberem um gosto estranho no achocolatado.

O pedido de retirada do achocolatado dos supermercados foi feito pela Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul, que tomou a medida para fazer análises químicas.

Esse não é o primeiro caso de adulteração na marca. Em 2011, autoridades sanitárias flagraram a adição de detergente em lotes de Toddynho comercializados no Rio Grande do Sul, o que causou queimaduras em consumidores.

No caso de segunda-feira, apesar do gosto estranho, ninguém passou mal.

A Pepsico confirmou a contaminação de um lote do achocolatado Toddynho e anunciou um recall do produto.

Reportagem de Alessandro di Lorenzo

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo