Vergueiro e Sumaré terão ciclovias até o fim do mês

Por lyafichmann
Trecho de ciclovia inaugurado na região central de São Paulo | Rivaldo Gomes/Folhapress Trecho de ciclovia inaugurado na região central de São Paulo | Rivaldo Gomes/Folhapress

Apesar das críticas, o secretário de Transportes, Jilmar Tatto, promete entregar 30,6 km de ciclovias até o final deste mês. Entre as vias que serão contempladas estão as avenidas Sumaré, na zona oeste, e o corredor formado pelas avenidas Vergueiro e Liberdade, no centro. Na Sumaré, serão 2,7 km, entre a rua Turiassu e a praça Caetano Fracaroli. Outros 650 metros ligarão a praça à rua João Moura.

No corredor Vergueiro/Liberdade, serão 4,2 km, entre a praça João Mendes e a avenida Lins de Vasconcelos.

Desde junho, a prefeitura já implantou 11,6 km de vias para bikes. A meta é construir 400 km até o fim de 2015. A estimativa é de que o projeto custe R$ 80 milhões, entre planejamento e execução –R$ 200 mil por km.

A exemplo das faixas de ônibus, o prefeito Fernando Haddad (PT) pretende tornar as ciclovias uma marca de sua administração e reverter os baixos índices de aprovação. Segundo pesquisa Datafolha divulgada em julho, 47% reprovam a gestão Haddad.

Neste sábado, a prefeitura inaugurou o quarto trecho da ciclovia do centro. O novo trajeto liga a avenida Pacaembu até a Sala São Paulo, na Luz.

A implantação da ciclovia gerou polêmica na região. Comerciantes reclamam que não foram consultados sobre a implantação das vias segregadas e afirmam que estão tendo dificuldades para efetuar cargas e descargas de produtos em suas lojas.

Na Santa Cecília, moradores contrários à implantação das ciclovias chegaram a registrar um Boletim de Ocorrência contra a instalação da via.

No Jardim Helena, na zona leste, moradores tentaram impedir a implantação de uma ciclovia que vai ligar o bairro à Itaquera. No final de julho, eles chegaram a estacionar carros em cima da calçada que estava sendo alargada para impedir a implantação da via.

A obra começou em fevereiro e deve ser concluída em setembro. Serão 14,9 km, ao custo de R$ 6 milhões.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo