Inquérito investiga morte de segurança de Lu Alckmin

Por Tercio Braga

A polícia abriu um inquérito para investigar a morte do policial militar que fazia a segurança da primeira dama do governo do Estado Lu Alckmin, que foi assassinado neste sábado durante uma tentativa de assalto.

O cabo César Alex de Azevedo, do Palácio do Governo, estava de folga e o crime aconteceu no bairro de Parada de Taipas, na zona norte da cidade.

Segundo a polícia, o PM, que tinha 48 anos, estava em sua moto, uma BMW, quando foi abordado por quatro bandidos. Ele foi atingido por três tiros e morreu.

Após o crime, dois suspeitos foram presos. O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

O corpo de Cesar Alex de Azevedo foi enterrado no Cemitério Jardim da Serra, em Mairiporã, na grande São Paulo neste domingo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo