Professores da Unicamp suspendem greve após abono de 21%

Por Carolina Santos
Professores estavam em greve há 2 meses | Divulgação/Unicamp Professores estavam em greve há 2 meses | Divulgação/Unicamp

Os professores da Unicamp, no interior de São Paulo, decidiram suspender a greve após a reitoria da universidade conceder um abono de 21% sobre o salário de julho. A categoria estava de braços cruzados há dois meses.

A decisão foi tomada em assembleia, na noite da última quinta-feira, (31). Com isso, o mês de agosto será destinado à reposição das aulas perdidas no primeiro semestre.

O segundo semestre só deve começar em setembro. Mesmo assim, a categoria não descarta uma nova paralisação caso as negociações não avancem.

Leia também:
•Sem acordo com professores, USP corta ponto de grevistas

Já os servidores técnicos administrativos da Universidade de Campinas fizeram uma assembleia separada e decidiram manter a greve. Eles pedem 10% de reajuste salarial.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo