Haddad não aceitará que movimentos tentem furar fila por moradia

Por Carolina Santos
Fernando Haddad comentou as mudanças do Plano Diretor | Renato Mendes/Futura press Fernando Haddad comentou as mudanças do Plano Diretor | Renato Mendes/Futura press

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, afirmou que não vai aceitar que movimentos tentem furar a fila para conseguir moradia popular. Fernando Haddad admitiu que há parcerias entre o programa “Minha Casa, Minha Vida” e organizações sociais. Ele destacou, porém, que o procedimento é adotado no país todo.

Nesta quinta-feira, o Ministério Público pediu à Justiça uma liminar que proíba qualquer convênio da administração municipal com o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto). Para a promotoria, as invasões de terra são “oportunistas”.

Ouça: Haddad defende apuração para não ter fura fila

O prefeito Fernando Haddad disse que os processos são transparentes e que os documentos estão disponíveis para consulta. Moradia é uma das prioridades do novo Plano Diretor Estratégico publicado no Diário Oficial desta sexta-feira.

A lei foi sancionada nesta quinta-feira, em um evento no Auditório do Ibirapuera, um mês após passar pela Câmara.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo