Menino atacado por tigre tem o braço amputado

Um garoto de 11 anos que foi atacado por um tigre no zoológico de Cascavel (PR) passou por uma cirurgia  durante a noite de quarta-feira e teve o braço direito amputado. A equipe médica avaliou que nada poderia ser feito porque o membro foi dilacerado. Ele permanece internado e não corre risco de morrer.

O ataque aconteceu quando o menino brincava ao lado da jaula no animal.

Dois vídeos feitos por visitantes do zoológico mostram o momento em que o menino ultrapassa a grade de proteção dos visitantes e alimenta um leão, junto à grade da jaula do tigre. No outro video, ele corre de um lado para outro, estressando o animal, que o atacou.

No momento do incidente, ele estava acompanhado do pai, que foi detido e levado à delegacia para prestar depoimento. Após ser ouvido, ele foi liberado pelos policiais.

“Até o momento estamos apurando uma lesão corporal, até porque o pai, quando está num ambiente desses com os filhos, tem o dever legal de guarda e proteção. Nós temos que analisar no curso do inquérito policial até que ponto o pai foi realmente negligente”, afirmou o delegado Denis Merino, que investiga o caso.

A segurança do zoológico é feita por seis guardas municipais. Uma das funções dos guardas é impedir que visitantes ofereçam comida aos animais. De acordo com Lauri Dall’Agnol, chefe da guarda, a corporação irá verificar se houve falha na segurança.

A Prefeitura de Cascavel, responsável pelo zoológico, informou que funcionários relataram que o menino foi incentivado pelo pai a correr em volta da jaula, dentro da grade de proteção.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo