CET ainda não tem boleto de Zona Azul com novo valor

Por Tercio Braga
Zona azul terá custo maior a partir de agosto | André Porto/Metro Zona Azul terá custo maior a partir de agosto | André Porto/Metro

Apesar do aumento do preço da Zona Azul a partir do dia 1 de agosto em São Paulo, vendedores oficiais da CET ainda não têm o bilhete com o valor reajustado para comercialização.

A rádio Bandeirantes visitou pontos de venda no centro da capital, Pinheiros e Jardins, não encontrando em nenhum local o novo talão que passará de 28 para 45 reais.

O funcionário de uma lotérica disse que já solicitou ao distribuidor, mas recebeu a informação de que os bilhetes de estacionamento ainda não estão disponíveis. Enquanto isso, ele diz que o comércio continuará vendendo o que ainda resta dos talões antigos pelo preço anterior.

O proprietário de uma banca de jornal confirma que não há previsão para receber os novos bilhetes que, avulsos, passarão a custar R$5,00 em 1 de agosto. Ele diz que também deve permanecer comercializando o estacionamento ao preço antigo.

A Servlot também foi procurada, uma das principais distribuidoras de Zona Azul da cidade. A funcionária da empresa afirmou também que não recebeu os novos talões e que a entrega para os revendedores deve ocorrer somente a partir da próxima semana.

A CET garante que, a partir de sexta-feira, será possível encontrar a nova folha à venda, mas não especificou em quais locais.

Sobre a comercialização de talões antigos de Zona Azul, a companhia diz que é regular, desde que seja praticado o preço oficial estampado no papel.

A empresa estabeleceu o dia 31 de dezembro deste ano como data limite para a validade dos talões antigos, apesar de eles já estarem pagos. Quem não utilizar os tickets até essa data poderá ter o valor ressarcido.


Loading...
Revisa el siguiente artículo