Batida entre caminhão e ônibus mata ao menos 15 em Manaus

Por fabiosaraiva
Equipes de resgate tentam retirar feridos das ferragens | Clóvis Miranda/A Crítica/Folhapress Equipes de resgate tentam retirar feridos das ferragens | Clóvis Miranda/A Crítica/Folhapress

Um acidente envolvendo um caminhão e um micro-ônibus deixou 14 pessoas mortas e outras 20 feridas na Avenida Djalma Batista, em Manaus, no Amazonas. Os dois veículos bateram de frente, na noite dessa sexta-feira, e o coletivo ficou com metade de sua estrutura completamente destruída.

O caminhão pertencia a uma empresa terceirizada da prefeitura de Manaus e trafegava pela avenida quando o motorista perdeu o controle da direção e invadiu a pista contrária, atingindo o micro-ônibus de frente. O coletivo estava lotado no momento da colisão.

O acidente ocorreu na zona centro-sul de Manaus, ao lado do viaduto Ayrton Senna. Equipes de resgate foram ao local para socorrer as vítimas e muitos curiosos se aglomeraram ao redor do acidente para ver o que aconteceu.

Ao todo, 15 ambulâncias do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionadas para socorrer as vítimas. A maioria dos feridos foi encaminhada para os prontos-socorros João Lúcio e 28 de Agosto.

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, declarou luto oficial de três dias em razão do acidente. “Quero que as causas desta tragédia sejam apuradas imediatamente. Sinto muito pelas famílias que estão sofrendo neste momento”, declarou.

Parente de vítima se desespera e é contido por policial ao chegar ao local do acidente | Clóvis Miranda/A Crítica/Folhapress Parente de vítima se desespera e é contido por policial ao chegar ao local do acidente | Clóvis Miranda/A Crítica/Folhapress
Feridos são atendidos na calçada logo após o acidente | Clóvis Miranda/A Crítica/Folhapress Feridos são atendidos na calçada logo após o acidente | Clóvis Miranda/A Crítica/Folhapress
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo